Domingo, 15 de Abril de 2007

Os dois rios

Charles Shedd, em seu livro Letters to Philip (Cartas a Filipe), conta a história de dois rios correndo calma e tranqüilamente até que confluiram e se uniram. Quando isso se deu, chocaram-se e jogaram-se um contra o outro. À medida que o novo rio formado começou a fluir com a correnteza, aquietou-se gradualmente e novamente correu tranqüilo. Só que agora era muito mais largo, mais majestoso e mais poderoso. O Dr. Shedd sugere que "Um bom  casamento é assim, muitas vezes. Quando duas correntezas independentes de existência unem-se, é possível  que haja alguns embates de vida contra vida na junção. As personalidades se precipitam uma contra a outra. As idéias contendem por poder e os hábitos competem por posições. Às vezes, como as ondas, levantam uma nuvem de espuma que nos deixa ofegantes e nos faz ficar pensando o que aconteceu com aquela beleza toda. Mas é assim mesmo.Como os dois rios, o que resulta do conflito pode ser algo mais profundo, mais poderoso do que cada um era antes de isso acontecer."

 

Rosângela Linharez Roza da Silva - ETAPAS

publicado por Antonio Francisco e Rosângela Linhares às 12:51

link do post | comentar | favorito

Sobre nós

amante(s) online
 

Achologia

  • Achologia

    Rosângela

  • Rosângela

    Blogmania

  • Células

  • Ferro velho

  • Firmeza e Ternura

  • Liderança

  • Mensagens bíblicas

  • Minhas leituras

  • Namoro

  • Palavra do Pastor

  • Pão quentinho

  • Reencontro News

  • Sobre famílias

  • Teologia Sistemática

    Arquivos

    Maio 2007

    Abril 2007

    Counter

    10/04/2007
    blogs SAPO